Ne te Retourne Pas (2009)

O recente filme de Marina de Van, Ne te Retourne Pas,  é um ótimo exemplo de como associar  efeitos especiais de qualidade com um roteiro consistente.

É interessante ver como a subjetividade da personagem central é representada visualmente.

Bacana!

Download

An Angel at My Table (1990)

Um anjo em minha mesa (An Angel at My Table) dirigido por Jane Campion conta a história da escritora Janet Frame. É um belo trabalho de  Jane Campion que com um ritmo certo nos ajuda a remontar a trajetória de uma das maiores escritoras da Nova Zelândia.

Download

Le Bonheur (1965)

 As duas faces da felicidade ( Le Bonheur ) de Agnès Varda é um filme onde o amor é retratado de forma simples. Sem cair numa atmosfera tensa ou problemática, o filme mostra a vida de um homem que ama duas mulheres harmoniosamente.  Em Le Bonheur, como a própria diretora admite “o pecado não existe”.

 

I’ve Heard the Mermaids Singing (1987)

Dirigido pela canadense Patricia RozemaI’ve Heard the Mermaids Singing é um sútil e divertido filme. Nele temos  Polly,  uma secretária de uma prestigiada galeria em Toronto, que, em seu  tempo livre, fotografa o cotidiano.

É um filme realmente amável. A  personagem principal interpretada pela atriz Sheila McCarthy nos conquista logo de início. Vale à pena conhecer o mundo de Polly.

 

Amélia (2000)

Amélia (2000) é cinema brasileiro de alta qualidade.  A diretora Ana Carolina cria uma inusitada história usando como base a visita de Sarah Bernhardt ao Brasil em 1905. A divertida narrativa nos leva a um  confronto peculiar entre a cultura européia e a cultura caipira do interior de Minas Gerais. Simplesmente brilhante!

Youtube

Jeanne Dielman, 23 Quai du Commerce, 1080 Bruxelles (1975)

Esse filme  de 1975 é realmente singular.

Durante,  aproximadamente, três horas e  meia de filme, observamos o cotidiano repetitivo e sufocante de uma mulher.

A direção de Chantal Akerman é perfeita. Os enquadramentos e os longos plano-sequência do filme acabam por nos aproximar de Jeanne Dielman.

Fantástico!

Download

La Fée Aux Choux (1896)

O vídeo acima é de Alice Guy Blaché. Ela foi a primeira mulher a dirigir filmes. O seu curta, La Fée Aux Choux de 1896, é considerado por muitos como primeiro filme narrativo da história do cinema.

Saiba mais: Alice Guy-Blaché, Pioneira da Sétima Arte